• Fernando Fernandes

    Muito legal.
    Pena que senti falta de planos par ao Brasil.

  • http://nadjapereira.com Nadja Pereira

    Nossa que legal o encontro. Apesar da repetição de argumentos de outras entrevistas. Uma coisa é certa, eu gostava de fuçar o orkut dos outros. No entanto, como sempre tive um perfil com poucas informações pessoais, me sinto mais segura no facebook.

    Pode parecer contraditório, e é, mas restringir informações a poucas pessoas nos torna tão seletivos na web quanto em nossa casa. Você deixa qualquer um entrar em seu quarto? Eu não. Meus perfis em redes sociais também são assim.

    Bj

    p.s. Eu li no Valleywag que a estimativa de 16 bilhões do Facebook caiu para um bilhão e meio. Acho que a fortuna dele também, né?

  • http://derepente.com.br Rafael Sbarai

    @Fernando,

    Valeu.

    Sobre a história do Facebook no Brasil, você tem razão. É que, no meu caso, ficou implícita a história de entrar de “vez” no país. Hoje, no Developer Day, veremos mais este assunto, mas a parceria fechada entre o Terra e o FB dá mostras da importância da ferramenta e como ela pode atrair novos nichos no país.

    Abraço

  • http://derepente.com.br Rafael Sbarai

    @Nadja,

    Você tem razão. Essa relação com o seu quarto é mesmo interessante.

    Em cada perfil em uma rede social você adota uma postura. No caso do FB, fica evidente que as pessoas querem parecer “mais sérias do que são”. Posso estar errado, mas muitos têm essa postura lá.

    A única coisa que ainda critico a ferramenta é sua extensão, que o deixa perdido. Isso pode afastar alguns brasileiros. É fato.

    Bj

  • http://www.claudiomendes.com.br Cláudio Mendes

    Tenho um facebook mas sinceramente não vejo a menor graça nem utilidade nele, o que ocorre bem diferente no twitter ou no meme, justamente por haver a possibilidade de exposição eles se tornaram um canal de marketing direto. O problema não é o sistema ser mais ou menos exposto em termos de privacidade, é o usuário entender que seja qual for a plataforma o conteúdo colocado ali é público e não privado.

  • http://derepente.com.br Rafael Sbarai

    @Cláudio,

    Mas o caráter de reunir outros ambientes sociais participativos é um dos objetivos do Facebook. Comece e integrar seu perfil do Twitter no FB e você vai ver que sua propagação de informação aumenta. Marketing direto também.

    Abraço,

  • http://www.anabrambilla.com Ana Brambilla

    Muuuito tri, Rafa!

    Vocês não conversaram sobre a ultrapassagem ao MySpace e a questão de fazer grana com o Facebook?

    abração!

  • http://derepente.com.br Rafael Sbarai

    @Ana Brambilla,

    Aninha, ele não comentou muito sobre o índice de audiência. Ele pensa muito no local e a questão de trazer novos adeptos está implícita.

    Sobre a grana com o Facebook, quis esconder o jogo. Não quis falar sobre uma possível venda de dados pessoais das pessoas cadastradas, situação que ainda pode acontecer. O que eu não acredito, no momento.

    Bjo querida

  • http://migre.me/33 Diego Remus

    Ei, o macbook fotografado é o meu! Eu que inventei a bobagenzinha escrita ali, e não foi por causa de o Mark ter um igual :)

  • Pingback: startupi » Dono do Facebook desafia programadores no Brasil

  • http://derepente.com.br Rafael Sbarai

    @Diego,

    Registro feito.
    Abraço!

  • Pingback: CDN Interativa » Mark Zuckerberg, do Facebook, conversa com blogueiros em SP

  • Pingback: Um encontro de blogueiros com Mark Zucke… « LinkAtivo!

  • Pingback: startupi » Head of Facebook challenges Brazilian programmers

  • Pingback: Dono do Facebook desafia programadores no Brasil - Startupi.com.br