Eleições 2010: quando sites de notícias dos EUA querem facilitar a vida do eleitor

Compartilhe!

    Após o turbulento período que decidiu as eleições presidenciais no Brasil, parte das principais publicações on-line foca sua atenção nas decisivas votações parlamentares nos Estados Unidos. Neste mês, o presidente Barack Obama tentará manter sua sólida maioria no Congresso, desafiada por uma agressiva oposição republicana. Por lá, serão escolhidos representantes na câmara, ocupada por uma maioria democrata, no momento. Para tentar compreender o enredado sistema político americano, sites de notícia já começam a desenvolver ferramentas – usando dados distribuídos na rede – para facilitar a vida do eleitor.

    Enquanto uma porção da mídia e blogs especializados se encantam com o recurso do Foursquare – que permitirá acompanhar a votação nas urnas por meio de um data visualization em HTML05 -, destaco uma postura ágil das publicações no quesito de visualização de dados e informação. E três delas aproveitaram bem o potencial da internet no quesito agrupamento de conteúdo.

    (O Google também disponibiliza uma página dedicada ao tema).

    Washington Post, New York Times, Huffington Post e, principalmente, MSNBC conseguiram aproveitar diversos recursos tecnológicos para produzir infográficos interessantes e que mostram a dimensão da divisão de votos em cada estado. Tanto que os 3 sites de notícias praticamente produziram, sob o mesmo tema, uma interface semelhante – com um mapa e descrição minuciosa de cada região.

    Nesta oportunidade, gostei bastante da distribuição de informação da MSNBC. Pela primeira vez, o site de notícia de domínio da Microsoft irá conseguir usar a sua interface web inovadora para adaptar o conteúdo em vários dispositivos – entenda-se aqui smartphones e, principalmente, iPad.

    Desde julho, MSNBC está com um site que é adaptado automaticamente em tablets, como o iPad, da Apple. Caso visualiza uma das páginas internas do site, note, por exemplo, os ícones na parte lateral à direita do seu navegador (imagem acima): são adaptados ao toque de um dedo. Com os infográficos dispostos na página, não é diferente.

    Formato de letra preciso e agradável, dados compreensíveis e pouca informação mostram que, neste caso, a visualização de conteúdo sem uma barra lateral fica bem atraente.

    Coincidência ou não, ao finalizar o post, a publicação on-line faturou o Online Journalism Awards 2010 na categoria “excelência de Jornalismo On-line em grandes sites”. A lista completa de vencedores pode ser vista aqui.

    Compartilhe!