2012: ano das imagens – e do Instagram

Em 2012, a web não se limitou a encurtar ainda mais distâncias, aproximar cidadãos e permitir que as pessoas se comunicassem em qualquer instante – e de qualquer lugar. Foi além. Um elemento nada desprezível foi incorporado a essas atividades – e que ainda fisga nosso olhar: a fotografia. Simultaneamente, dentro do universo digital – e também fora dela –, as imagens não pararam de se multiplicar. 2012 não pode ser resumido a batalhas entre companhias de tecnologia e voos mais altos de startups que se tornaram gigantes. Foi um ano, sobretudo, de compartilhamento de imagens, um motor que conduziu a web a um novo patamar: um mundo virtual ainda mais visual.

Continuar lendo

Com Instagram, Facebook agrega inteligência para o ‘mundo móvel’

Nesta segunda-feira, o Facebook deu mais um passo que mostra que o serviço quer ser mais do que uma rede social. Por 1 bilhão de dólares, o serviço de Mark Zuckerberg arrematou o Instagram, aplicativo para as plataformas móveis iOS e Android que personaliza fotos. Já fiz um longo comentário em meu blog no site de VEJA, que revela dois objetivos que não merecem ser desprezados: a empresa agrega uma inteligência móvel imprescindível na batalha virtual contra o Google, além de incentivar engajamento à rede social, uma vez que os usuários do Instagram são fiéis ao serviço. A negociação, contudo, também levanta questões no mínimo auspiciosas.

Continuar lendo