Irish Times libera informação


Irish Times entra na onda do fim do conteúdo pago; e o Brasil?

Vi no Journalism.co.uk.

Pelo jeito, o Brasil fica mesmo para trás.

Irish Times não é um jornal muito conhecido. Isso é fato.

Apesar da falta de relevância mundial, o impresso tem, no mínimo, um aspecto interessante. Foi uma das primeiras aparições “tradicionais” na web. Em meados de 1994.

Nesta semana, Irish Times imitou NYT, NBC, Wall Street Journal e tantos outros. Liberou todo o conteúdo do veículo ao internauta. Nada de informação paga ou por senha. Circulação de fatos, agora, pode ser vista livremente.

No Brasil, infelizmente, isso permanece. Globo On-line, Folha de S. Paulo e Estadão. Três importantes veículos. Três marcas do jornalismo brasileiro. Três ambientes virtuais retrógrados.

Foto do GEL.