Com novo feed de notícias, Facebook estimula ‘vício’ na rede

Recentemente, o Facebook anunciou mais uma grande atualização em seu serviço – a segunda em menos de três meses. Trata-se da nova versão do feed de notícias, área responsável por mostrar aos usuários conteúdos publicados por amigos e também páginas das quais o cadastrado é fã. Julie Zhio, designer da empresa, resumiu perfeitamente o produto em entrevista ao site de VEJA. “Esse novo visual ajuda o usuário a manter o foco”, afirmou. De fato. Ao apresentar essa funcionalidade, o Facebook cumpre um objetivo valioso nos próximos meses: manter o usuário ainda mais dependente da rede social.

Continuar lendo

Saída de executivo impõe (outro) novo desafio à rede Facebook

Na última sexta-feira, o mercado de tecnologia acompanhou a primeira saída de um dos principais executivos do Facebook após a recente entrada da empresa na bolsa de valores. Bret Taylor, chefe de tecnologia, comunicou sua decisão no próprio site, espaço onde também confirmou a criação de um novo projeto, em cooperação com Kevin Gibbs, ex-funcionário do Google. A maior rede social do planeta sofre um duro revés ao perder o autor de ações importantes realizadas recentemente. Mark Zuckerberg, CEO e fundador da rede, terá portanto outro desafio pela frente: conter o ímpeto dos funcionários – feitos milionários com a abertura de capital da empresa – que ajudaram a transformar o Facebook em gigante e agora podem buscar outros desafios.

Continuar lendo

Saída de executivo impõe novo desafio ao Facebook

Na última sexta-feira, o mercado de tecnologia acompanhou a primeira saída de um dos principais executivos do Facebook após a recente entrada da empresa na bolsa de valores. Bret Taylor, chefe de tecnologia, comunicou sua decisão no próprio site, espaço onde também confirmou a criação de um novo projeto, em cooperação com Kevin Gibbs, ex-funcionário do Google. A maior rede social do planeta sofre um duro revés ao perder o autor de ações importantes realizadas recentemente. Mark Zuckerberg, CEO e fundador da rede, terá portanto outro desafio pela frente: conter o ímpeto dos funcionários – feitos milionários com a abertura de capital da empresa – que ajudaram a transformar o Facebook em gigante e agora podem buscar outros desafios.

Continuar lendo

O novo Facebook que emerge da abertura de capital

Na última sexta-feira, o Facebook deu o passo mais importante de sua história (depois, é claro, de sua criação, em fevereiro de 2004), ao lançar ações na bolsa de valores, na maior oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) da Nasdaq, a bolsa do setor de tecnologia. Agora, a rede, utilizada por quase um bilhão de pessoas em todo o planeta, terá que se movimentar constantemente para atender às altas expectativas de seus investidores. Oportunidades de crescimento não faltam.

Continuar lendo

Facebook tem 900 milhões de usuários; 5% são brasileiros

Duas semanas após anunciar a compra do aplicativo de fotos Instagram, o Facebook revelou, nesta segunda-feira, dados que pretendem encantar futuros investidores, interessados na abertura de capital da companhia, prevista para maio. Segundo documento enviado à Securities and Exchange Comission (SEC), comissão reguladora do mercado de capitais dos EUA, a rede social criada em 2004 alcançou, em março, a marca de 901 milhões de usuários ativos (pessoas cadastradas que acessaram o serviço ao menos uma vez no mês) – um acréscimo de 41% em relação ao mesmo período de 2011 (680 milhões). O site se aproxima, assim, da marca de 1 bilhão de pessoas conectadas. O documento revela também que o número de cadastrados no Brasil cresceu 180% no último ano, maior crescimento registrado no período, chegando à marca de 45 milhões em março.

Continuar lendo

Com Instagram, Facebook reforça estratégia da rede dentro da rede

Nesta segunda-feira, o Facebook deu mais um passo que reforça a ambição de tornar a rede social uma espécie de internet dentro da internet. Por 1 bilhão de dólares, o serviço de Mark Zuckerberg arrematou o Instagram, aplicativo para as plataformas móveis iOS e Android que personaliza fotos. A estratégia agrega inteligência ao Facebook e incentiva engajamento à rede social, uma vez que os usuários do Instagram são fiéis ao serviço.

Continuar lendo

Por que o Facebook estuda aprimorar seu sistema de buscas

Na última semana, a versão digital da publicação americana The Business Week revelou que o Facebook planeja aprimorar seu mecanismo de buscas. O objetivo é estimular os mais de 845 milhões de cadastrados a pesquisar com maior eficiência atualizações de amigos, fotos e vídeos – hoje, uma tarefa nada fácil de realizar na rede social.

Continuar lendo

Zuckerberg não está triste com os brasileiros do Facebook

Os criadores de mensagens falsas no Facebook voltaram a atacar. A matéria-prima da vez é o próprio criador do serviço, Mark Zuckerberg, e envolve os usuários brasileiros da rede – grupo que caminha para assumir a segunda posição no site, atrás apenas dos americanos. Aos desavisados, cabe esclarecer: Zuckerberg não falou mal dos brasileiros.

Continuar lendo

Três assuntos que movimentaram a web em 2011

Em 2011, a web não se limitou a encurtar ainda mais distâncias, aproximar cidadãos e permitir que as pessoas se comunicassem em qualquer instante – e de qualquer lugar. Foi além. O ambiente virtual se tornou um multiplicador de interações, compras, vendas e lucros, mas também um centro de batalhas ideológicas e culturais que escancarou sua real vulnerabilidade. Confira a seguir os três temas que movimentaram a web em 2011:

Continuar lendo

‘O Google+ nos copiou’, diz representante do Diaspora

Desde outubro de 2010, a batalha virtual entre redes sociais conta com um contendor discreto, o Diaspora, concebido como uma alternativa ao Facebook. Para assumir o papel de antípoda da maior rede social do planeta, o serviço decidiu colocar nas mãos do usuário, de maneira inconteste, todo o controle sobre informações pessoais e conteúdos compartilhados. A ideia foi de quatro estudantes da Universidade de Nova York. Para colocar o plano em prática, contudo, era necessário amealhar uma quantia nada irrisória, que sustentasse a empresa. Eles recorreram a um serviço de financiamento coletivo, e deu certo: em 39 dias, foram arrecadados mais de 200.000 dólares. Entre os benfeitores, estava o próprio fundador do Facebook, Mark Zuckerberg. “Estamos felizes com o apoio dele”, admite, pela primeira vez, Peter Schurman, representante do Diaspora. Dos Estados Unidos, Schurman, de 42 anos, falou ao site de VEJA sobre o futuro do projeto – ainda disponível apenas para convidados –, e acusou o Google+, rede social do gigante de buscas criada em junho de 2011, de copiar recursos lançados pelo Diaspora – caso da exportação simplificada de informações, os círculos de amigos (Circles, no Google+) e o próprio visual de três colunas (imagem abaixo). “Não teremos combates judiciais com o Google. Estamos lisonjeados por servir de referência a eles”, afirma Schurman. Confira a entrevista a seguir.

Continuar lendo